Projeto Livros - Modo Missão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Projeto Livros - Modo Missão

Mensagem por A Lenda de Materyalis em Ter Dez 15 2015, 12:03

Conheça o Modo Missão

Proposta monta novos métodos interativos para aprofundamento do enredo dos personagens, maior interatividade e conhecimento do sistema.


Quem já leu a notícia publicada ontem no site d'A Lenda de Materyalis sobre as vagas para encargos no projeto (clique aqui para acessar), já deve ter percebido que foram montadas duas novas propostas interativas. Elas se referem ao "Modo Missão", que incorpora um modelo intencionado já há muito tempo, mas devido ao foco para o projeto literário, teve sua prioridade adiada. Contudo, com o levantamento das necessidades do fórum e o planejamento para 2016, a ideia finalmente entrará em vigor.

A primeira proposta do Modo Missão foi baseada em um método interativo realizado em 2013. Quem era da época que antecedeu o Projeto Livros deve se lembrar do Campo de Treinamento, onde os intérpretes abriam tópicos para enfrentar NPCs derrotados em outros jogos no qual seu personagem não participava. Com isso evoluíam ganhando XP. A lista dos NPCs era disponibilizada pela administração e, como o sistema era mais simples, os próprios intérpretes realizavam as batalhas. No entanto, era necessária uma fiscalização dos combates, para revisar as ações dos intérpretes que também lançavam os dados dos NPCs e conduziam, de acordo com algumas regras, o confronto sem a necessidade da presença do narrador. Naquele ano, quem realizava a análise dos duelos era Bruno Gomes, intérprete do personagem Sarlakros Darkenyns no projeto literário Crônicas de Aliank.

Mas o saudosismo vai ainda mais longe ao projetar às ideias do Modo Missão. A partir de 2005, cerca de um ano após a criação do fórum, vários voluntários para narrar jogos apareceram. Até 2011, quando houve uma parada nas atividades, o fórum tinha grande variedade de temas conduzidos por diferentes narradores, alguns deles atuantes no fórum atualmente. Mas após o longo recesso ocorrido entre 2011 até o fim de 2012, as atividades narrativas foram retomadas pelo autor, Saymon César, que priorizou a consolidação dos jogos para a aquisição da confiança dos novos membros, para que percebessem a solidez do tema e construíssem interesse constante na participação. Só então, após um novo período complicado de atividade, foi criado o Projeto Livros em abril de 2014. Desde então, narradores de diferentes gerações - como Raphael Figueiredo (Nathan), Bernardo de Lacerda (Leben Schöpfer), Roberto Machado (Naala), da velha guarda do fórum, e Douglas Viana (Iscalis Quo), Leci Júnior (Nomir'deram) e Fernando Lucas (Ali Alkahaz), da nova geração, passaram a dar suporte para as aventuras dos membros novos, no mundo Diarus, cenário usado pelo autor nos jogos oficiais no final do período de 2012 até abril de 2014. Os jogos ocorridos no fórum "Aventuras Gerais" também serviram como porta de entrada para vários membros nos projetos literários.

O Modo Missão foi projetado com base nestas duas antigas formas de interação. A ideia é reviver dois métodos que, em suas devidas épocas, trouxeram muitos efeitos positivos para o fórum. Buscando ajustar os problemas encontrados naqueles tempos, as ideias do Modo Missão foram construídas, conforme você poderá conferir abaixo:


TREINAMENTO DENIN


Esta é a primeira possibilidade oferecida pelo Modo Missão. Através do Treinamento Denin, haverá um fórum com um mural de missões com as localidades de Hedoron, cada uma com uma tarefa que os personagens podem cumprir, geralmente voltadas a enfrentar alguma ameaça em seu território. Ao completar as missões, diferente do que ocorre nas crônicas, onde a experiência só é distribuída ao término de um período, os personagens ganham Pontos de XP que pode ser usada para distribuição nas fichas durante a temporada.

O detalhe aqui é que o intérprete não precisa escolher missões existentes somente no cenário onde seu personagem foi ambientado, podendo se envolver numa atividade de outra localidade distante. Como os enredos podem ser editados e preveem brechas para viagens por Hedoron, o personagem poderá se deslocar para missões em outras localidades, o que pode garantir ligação com o enredo de outros que não estejam em seus projetos literários.

Outro fator determinante é que as batalhas não serão mecanizadas somente com o sistema. A interpretação será valorizada, principalmente devido à revisão do sistema, que valoriza menos às rolagens de dados.

Benefícios: Os membros conhecerão melhor as próprias fichas e, em alguns casos, serão permitidas edições previamente definidas nos perfis, devidamente acordadas com o autor. Além disso, os intérpretes estarão mais preparados para proceder nas batalhas decisivas no Projeto Livros. Diferente do antigo Campo de Treinamento, onde os desafios ocorriam meramente com as rolagens, o foco será colocado para a interpretação e as ações serão instruídas para a descrição da intenção dos ataques. É muito comum que intérpretes já construam seus turnos atribuindo sucesso ao que fizeram, o que precisa acabar, pois isso será mediado pelo narrador em análise comparativa com os elementos das fichas e, principalmente, a qualidade descritiva dos turnos. Haverá também mais uma possibilidade interativa, unindo personagens de diferentes projetos literários, além de permitir uma evolução alternativa a eles. A nível administrativo será uma boa oportunidade para que o sistema seja testado e eventuais falhas sejam corrigidas e melhorias acrescentadas. Membros também poderão sugerir criaturas e todos os NPCs serão guardados em um banco de dados, formando o futuro bestiário d'A Lenda de Materyalis.

Como funcionará: Através do fórum Modo Missão - Tópico Treinamento Denin, os intérpretes escolherão uma das missões postadas nas localidades de Hedoron. Cada missão tem número limitado de vagas, e conterá a descrição da situação ocorrida na região, à missão que deverá ser cumprida, a quantidade de Pontos de XP e itens que fornece, o nível de dificuldade (baseada no nível do(s) NPC(s) que enfrentarão) e o tempo de expiração para se registrar naquela missão (ou seja, quanto tempo ela ficará aberta para o cadastro de vagas. Se houver cinco vagas disponíveis que expirem em 5 dias e apenas uma for preenchida, a missão começará somente com um personagem).

Metodologia: Uma vez preenchidas as vagas de uma missão, o autor redigirá uma breve introdução que justificará o envolvimento dos personagens naquela atividade. Logo em seguida, haverá a descrição de uma situação para que os intérpretes realizem as ações dos personagens. As missões serão divididas em três tipos: confronto, charadas e suporte (geralmente voltadas a um problema de uma determinada população). Caso o(s) envolvido(s) não consiga(m) resolver a tarefa, as vagas serão reabertas, dando oportunidade para que outros personagens a resolvam e ganhem a XP. Além disso, toda vez que uma missão for resolvida, será aberta uma nova com nível de dificuldade maior. O máximo de XP que um personagem poderá ganhar no modo Treinamento Denin, por temporada, são 30 pontos. Narradores também poderão incluir missões no mural.

Otimização: Quem quiser se candidatar ao cargo Treinador - divulgado ontem na notícia do site -, receberá um treinamento do autor para conduzir missões, com instruções sobre como proceder nas batalhas, formar interações, criar vínculos entre os enredos dos personagens etc. No início, as missões serão feitas pelo autor, que dedicará um tempo para as respostas, de segunda a sexta, como é feito com os capítulos das crônicas. A intenção no primeiro momento é fazer com que os membros se acostumem a este modo de jogo e também espiar talentos para a futura condução dos narradores.

Quando começa: Devido às festividades de fim de ano, o que ausenta alguns membros do fórum, as missões serão disponibilizadas a partir do dia 11 de janeiro de 2016. Até lá, a administração conversará com alguns membros que demonstrem interesse em participar, seja com os personagens ou na futura condução como narradores.




JORNADA POR HEDORON


Trata-se da segunda proposta do Modo Missão. A Jornada por Hedoron é um modo que visa à participação dos narradores na construção de novos territórios no mundo oficial d'A Lenda de Materyalis, e passarão a narrar para os membros já consolidados nos projetos literários (membros novos com intenção de participação no Projeto Livros receberão narração do autor).

A ideia com este modo é que os narradores possam construir suas terras em Hedoron, onde descreverão seus cenários com a aprovação do autor, para trazer mais detalhes para o mundo d'A Lenda de Materyalis. Além disso, eles farão aventuras em suas localidades com estórias pré-definidas, que poderão ser selecionadas pelos intérpretes. Quem estava no fórum antes de 2011 certamente lembra-se das aventuras com sinopses, onde os membros escolhiam um tema de acordo com uma proposta previamente divulgada pelo narrador. A problemática passada disto é que não havia foco nos enredos dos personagens e, como hoje eles são retratados nos livros de crônicas, as aventuras em formato de sinopse também servirão como aventuras adicionais no formato de missões, sem prejudicar o foco e a importância das tramas construídas nos perfis.

Os narradores terão uma periodicidade pré-definida para a distribuição de XP, porém, bem menor que as crônicas.


Benefícios: Assim como o Treinamento Denin, este modo permitirá outra forma de interação entre personagens de projetos literários diferentes, além de garantir variedade de temas e jogos no fórum, fomentando a criatividade dos narradores e intérpretes, que poderão converter suas aventuras em futuras obras para o Projeto E-books. Será importante para aumentar o mundo d'A Lenda de Materyalis além da visão do autor, diversificando estilos, porém, dentro de um mesmo foco no cenário: a guerra ideológica.

Como funcionará: No fórum Modo Missão - Tópico Jornada por Hedoron, os narradores, com cenários e temas previamente aprovados com o autor, postarão uma pequena ficha técnica sobre a aventura que proporão, contendo o título da aventura, a localidade, o número de vagas disponíveis, tempo de expiração para cadastro (como no Treinamento Denin) e a sinopse. Os membros se candidatam a participar, e o narrador receberá as fichas dos personagens com instruções do autor para justificar a ida dos personagens para a localidade criada pelo mestre, além de sugestões para que ele aproveite vínculo de enredo entre os participantes, tornando a relação da aventura e seus personagens mais consistentes.

Metodologia: O autor enviará duas fichas técnicas aos narradores, sendo uma sobre a localidade que criará, e outra sobre a proposta da aventura. Com as devidas aprovações, a trama será disponibilizada no tópico relacionado à Jornada por Hedoron. Os tópicos moderados dos jogos serão abertos e interpretados no fórum do Modo Missão.

Otimização: Conforme o compromisso dos narradores e a finalização das aventuras, os territórios construídos serão posicionados no mapa oficial de Hedoron. Haverá uma área restrita entre os narradores para comentários sobre fatos que podem influenciar em outras regiões de Hedoron, e que deverão ser previamente aprovados pelo autor.

Quando começa: Devido às festividades de fim de ano, o que ausenta alguns membros do fórum, as aventuras serão disponibilizadas a partir do dia 11 de janeiro de 2016. Até lá, a administração conversará com alguns membros avaliados positivamente para desempenhar a função como narradores, embora membros também possam se candidatar.

_________________
Autor
avatar
A Lenda de Materyalis
Admin

Masculino Número de Mensagens : 8375
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Web Designer
Nome do jogador : Saymon César
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 13/09/2007

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
0/0  (0/0)
Pontos de Dens:
0/0  (0/0)

http://www.materyalis.mo-rpg.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum