Cidade de Nerferi - O Buraco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cidade de Nerferi - O Buraco

Mensagem por Ali Alkahaz em Seg 1 Fev 2016 - 0:59

Nome do Lugar: O Buraco
 
Amplitude: quinhentos metros de lado, um quilômetro de profundidade.
 
Histórico: É a prisão de Nerferi. Um exemplo excelente de como transformar as adversidade em algo que pode ser benéfico para o povo. Uma ideia brilhante concebida por Latos Manzace. O nome Buraco foi escolhido por ser o mais simples por ser exatamente isso que é, um grande buraco escavado na terra. Nas paredes internas desse paralelepípedo estão as celas dos detentos, uma prisão subterrânea foi construída, pois se fosse colocada na superfície como as demais a chuva constante fragilizaria suas estruturas possibilitando a fuga dos internos, por isso acharam de escavá-la na rocha para que se tornasse mais “durável”, mas a genialidade desse lugar não para por aí. Além de haverem portas gradeadas na parede interna do lugar funcionando também como janela, há separações de cela não por terra, mas por grades que são removidas a distância por mecanismos enterrados que são operados da superfície mostrando que na verdade existem outros túneis menores que vão até a superfície. Além disso, há um sistema de escoamento de água no fundo do Buraco para que os presos não morram afogados sem necessidade por não haver cobertura que impeça a água de cair.
 
Quando a prisão está muito cheia, seja de detentos locais ou prisioneiros de guerra, há três destinos para eles; servirem de comida quando há escassez de alimentos e impossibilidade de assaltar cidades vizinhas; afogamento, quando o sistema de escoamento é bloqueado e os presos dos níveis mais inferiores morrem afogados e seus cadáveres são retirados para alocar novos presos ou e principal evento de Nerferi, a Corrida Contra a Água.
 
Essa corrida é uma grande diversão para o povo e consiste do seguinte. O sistema de escoamento é desligado e por consequência a água das chuvas começa a encher a prisão, mas as grades que dividem algumas celas começam a ser retiradas começando dos níveis inferiores para que os presos entrem nas celas uns dos outros e briguem pela chance de subir e escapar da água, as celas a quais eles têm acesso são manipuladas por um operador e quando eles chegam a uma que tenha comunicação com o próximo andar eles são encerrados lá dentro e a grade do teto só se abrirá quando um preso restar, ou seja, uma briga até a morte e contra o tempo se inicia. A grande promessa é que quando a água chegar ao andar mais superficial haverá as brigas que libertarão os presos que sobrarem, pois serão abertas as últimas grades, mas nunca houve alguém que conseguisse sair antes que a água matasse todos, pois mesmo que os presos do primeiro andar começassem sua a lutar junto com seus companheiros até que só restasse um, a grade só seria aberta quando eles matassem os presos que viessem dos andares inferiores ou quando a água já os tivesse matado. Só uma exceção foge a essa regra, Eleuderen.
 
Quem tem dinheiro desce numa gaiola suspensa por uma corrente acompanha o espetáculo do começo ao fim, quem não tem se contenta em ver a carnificina nos andares mais superficiais.
 
Características Populacionais: Só se tem registro da entrada de outros elfos do céu nessa prisão por motivos um pouco óbvios, Nerferi está localizada no aurokron que é inacessível aos seres de terokron a não ser para os que possuem algum poder tenkan, mas a cidade marilista nunca recebeu visitantes das “terras inferiores”.

Clima: Chuvoso, porém abafado, pois o sistema de circulação de ar é inexistente. Além do que, a aglomeração de prisioneiros causa um grande calor natural na profundidade. Apenas durante o inverno onde há precipitação de neve é que há uma queda significativa de temperatura e do número de prisioneiros também.
 
Características Sócio-Econômicas: Dentro do Buraco os prisioneiros têm sua própria organização. Existem os mais poderosos e temidos que acabam ficando nos níveis mais inferiores para que durante a Corrida Contra a Água as competições sejam mais duráveis e mais “palatáveis” ao público que tem sede de sangue, se os mais fracos ficassem embaixo eles provavelmente não sobreviveriam o bastante para chegar aos níveis superiores.
 
Os prisioneiros mais fracos são facilmente reconhecíveis, pois criou-se o costume de arrancar as asas de alguém que se derrota numa luta um a um e o vencedor guarda as asas do derrotado para que todos saibam quem o subjugou, ou seja, se você se encontrar com um prisioneiro do Buraco que ainda tem sua asas nas costas é melhor não chegar perto.
 
O lugar gera algum dinheiro por contas do espetáculo cujos ingressos para os melhores lugares são até bem caros, isso ajuda na manutenção do sistema de escoamento e no pagamento dos carcereiros que eventualmente numa espécie de elevador simples para jogar comida, água e pegar os mortos e alocar novos prisioneiros.
 
Características Políticas: Existe um nome que todos temem e respeitam naquele pequeno pedaço do Inferlis, Eleuderen. O único que já se consagrou campeão da Corrida Contra a Água em todas as vezes que participou, mas nunca manifestou o desejo de escapar. Ao contrário, ele sempre grita “Não abram a grade! Não abram a grade!” quando está a ponto de ganhar a última luta que teoricamente lhe concederia sua liberdade.

Ironicamente Eleuderen não conserva mais as suas asas, mas em compensação ele possui uma coleção invejável e extensa de outros pares delas que sempre faz questão de arrancar quando mata alguém na prisão. Com o sucesso que suas lutas brutais fazem com o público e a sua aparente invencibilidade ele se tornou uma espécie de campeão da prisão conseguindo o temor dos carcereiros que costumam não contrariá-lo. Muitos se referem a ele como “Rei das Profundezas”.
 
Características Ideológicas: As ideologias aqui são basicamente três: Marilistas, Teryonista e Emylista, pois a maioria dos internos se constitui de prisioneiros de guerra, elfos sequestrados e descumpridores da lei local, afinal de contas numa cidade marilista não se espera que os cidadãos sejam ordeiros e bons cumpridores da lei. O povo em si teme que um dia aquela quantidade enorme de prisioneiros consiga de algum jeito começar uma rebelião, chegar à superfície e causar uma grande matança, mas o Senado faz sempre questão de tranqüilizar a todos dizendo que o corpo de internos é constantemente renovado por isso a chance de organização e planejamento de fuga por parte dos detentos é mínima se não inexistente.   

_________________
Narrador de Missões

Gosto do paladino, do guerreiro, do bárbaro, mas a classe mais poderosa é o mago porque o mago é IMPLACÁVEL!

Tamanho do banner deve obedecer ao padrão 500x100pixels

avatar
Ali Alkahaz
Clifista
Clifista

Masculino Número de Mensagens : 1409
Localização : Fortaleza
Emprego/lazer : Estudante/Ver filmes
Nome do jogador : Fernando Lucas
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 15/08/2013

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
88/98  (88/98)
Pontos de Dens:
53/53  (53/53)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum