Fikist - Templos da Criação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fikist - Templos da Criação

Mensagem por Aerhox em Sab Fev 13 2016, 13:53

Nome do Lugar: Templos da Criação

Amplitude geográfica: grande complexo com 5 templos de extensão indefinida.

Histórico: São um conjunto de cinco grandes templos localizados em um vale. Tal vale é de difícil acesso, pois além de estar na área de planalto de Ritulis, está rodeado por montanhas de porte médio bem íngremes. 

Nos primeiros tempos da primeira era da materja houve a rebelião dos elfos do céu que zelavam por aquelas terras. Foi Imiridam que ajudou os anões e os humanos a encontrarem as melhores rotas para chegar aos templos, e então explorá-los. São chamados de Templos da Criação por estarem lá desde antes da criação de Fikist como é conhecida hoje. E também por terem sido eles os responsáveis pela criação propriamente dita desta nação. Aqui também foi o berço do mais precioso filho que as terras de Fikist tem.

O primeiro grande globo do que viria a ser chamado de imirokk foi encontrado aqui, no entanto hoje ele é mantido nos domínios celestes dos elfos do céu, que permaneceram em Fikist. É comum ver pequenos esquadrões deles rondando a área, e averiguando se estranhos não estão querendo invadir os templos para buscar alguns tesouros.

Atualmente a líder desta raça é Kalidam, que é irmã de Imiridam. Recebeu a alcunha de Sentinela dos Mil Olhos por nunca ter deixado de avistar alguém tentando entrar nos templos. Kalidam também é conhecida por sua paixão pelos mistérios que rondam os templos. Chegou até mesmo a tatuar no seu corpo uma estranha gravura de uma coruja gigante, que achou em um dos cômodos do templo. Sempre está tentando saber quem é tal ave.

As explorações ainda não conseguiram mapear todos os seus aposentos e, recentemente, uma escavação anã descobriu que os templos também possuem algumas galerias subterrâneas que se estendem pela área do planalto. Todos acreditam que elas podem guardar coisas mais poderosas que as imirokks e muitos outros tesouros, segredos e mistérios.

Dentre as inúmeras salas descobertas recentemente a que mais chamou a atenção dos exploradores, sempre supervisionados pela Guilda dos Capitães, foi uma onde encontraram um conjunto de placas de pedra. Nelas estava escrito em artanin arcaico um conto com o título “A última canção”. Apesar da linguagem as pedras parecem ter sidos esculpidas a pouco mais de 100 anos e isso é um grande mistério.

Características Populacionais: A única raça que realmente vive próxima dos templos são os remanescentes do povo de Imiridam, os elfos do céu. A população apenas muda quando alguma expedição chega até lá, ou invasores tentam se infiltrar. Existe um pequena vila anã, a dois dias de viagem dos templos, no sopé oposto de uma das montanhas que formam o vale. 

Clima: Aqui o clima é notoriamente mais frio que no resto do continente devido a altitude elevada. No inverno os elfos do céu apelidam os templos de "Morada Gélida"

Características Sócio-Econômicas: Realmente não existe muita sociedade próxima aos templos por eles estarem num vale de difícil acesso. As únicas comunidades próximas são a pequena Vila Karstoff, formada por anões, e o posto de vigília dos elfos do céu que se chama Asa Devastada, pois está localizada em uma montanha que o cume quebrado e pedregoso lembra uma asa partida. As únicas vezes que há movimento aqui são quando as tropas dos Fikans trazem mantimentos para tais comunidades, ou quando uma expedição que vai rumo ao templo tem que parar na Vila para se equipar, descansar e seguir viagem. São nessas oportunidades que pequenos carregamentos de imirokks e outros minérios extraídos da região são levados para a vila, e de lá partem para toda Fikist.

Características Políticas: Kalidam e Rulkim são, respectivamente, os líderes dos elfos do céu e dos anões. Kalidam a Sentinela dos Mil Olhos realmente tem todo esse poder de observação, por ser uma seikan que consegue ver através dos olhos dos muitos animais da região. Rulkim Karstoff é o tataraneto do fundador da vila e tem em seu poder um pequeno machado com lâmina de imirokk, forjado por seus antepassados. 

Ambos trabalham em conjunto ajudando mutuamente as duas comunidades. É comum que Kalidam, Rulkim e um pequeno grupo de ambas as raças façam suas próprias explorações dos templos, devido a paixão por mistérios que Kalidam tem. Da última vez algo realmente estranho foi encontrado, e as placas de pedra com "A última canção" foram levadas pessoalmente por Kalidam até o Primeiro Fikan Daurog.

Aqui é realmente o berço da ideologia mombranista em Fikist e todos se orgulham de morar ali e exercer fortemente tal ideologia.

Características Ideológicas: Devido ao grande patrulhamento que anões e elfos do céu exercem na região, é bem difícil que pessoas estranhas não sejam vistas. Até hoje nenhum invasor de outra ideologia conseguiu chegar aos templos, no entanto a promessa de grandes tesouros e artefatos poderosos ainda influencia muitos grupos. Todos eles estão dispostos a brincar de rato e gata com Kalidam. A barriga de Kalidam sempre está cheia.

_________________
Narrador E-book

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


AÇO, MAGIA, LUZ E ESCURIDÃO. CONCEITOS OPOSTOS UNIFICADOS EM MIM.
avatar
Aerhox
Emylista
Emylista

Masculino Número de Mensagens : 644
Localização : Guarulhos
Nome do jogador : Jeferson Cardoso P. Lança
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 30/10/2014

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
75/75  (75/75)
Pontos de Dens:
60/67  (60/67)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum