Cidade de Godnyr

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cidade de Godnyr

Mensagem por Nathan em Qua Fev 17 2016, 15:36

Nome do Lugar: Cidade de Godnyr

Amplitude geográfica: Uma cidade de grande porte, localizada junto ao Mar Estreito. Godnyr é subdividida em vários distritos, geralmente organizados por características comuns, como o Cais do Porto, o Distrito do Comércio, o Distrito dos Jogos, o novo Distrito dos Templos, a Colina do Palácio, entre outros.

Histórico: Desde seu início, história da cidade de Godnyr se confunde com a própria história do Reino de Túrion, quando alguns navios de colonizadores humanos, devotos da ideologia clifista, cruzaram o Mar Estreito há aproximadamente duzentos anos liderados por aquele que viria a se tornar o primeiro Rei de Túrion, Joseph Fortereal. Os colonos vindos de Anësor se estabeleceram em uma ampla colina próxima ao Mar Estreito e nela construíram uma fortaleza ainda rústica que serviria de porto seguro para o reino que se ergueria a seguir. Ao redor da cidade ocorreu também a principal batalha dos colonizadores para se firmar no na região de Túrion, foi onde enfrentaram e derrotaram a dragoa gorgronista Arla, que tinha toda região de Túrion como seu território quando da chegada dos Clifistas.

Após a queda da dragoa e a debandada das tribos gorgronistas, o crescimento da primeira cidade humana na região foi pacífica, pois além da colina onde ergueram a Fortaleza de Godnyr existia uma floresta de mata pouco densa, porém não habitada por povos hostis. Godnyr acabou se desenvolvendo a partir da fortaleza e sempre próxima ao litoral, de onde provinha a maior parte de seu sustento. Após Godnyr estar firmemente estabelecida, dois grupos distintos foram escolhidos pelo rei e enviados para desbravar o interior do reino. Estes colonos acabaram por fundar as cidades de Esgares e Volkan, tão importantes no futuro de todo reino.

Enquanto o interior de Túrion era explorado e colonizado, sua capital, Godnyr, crescera e se desenvolvera sem maiores problemas por várias décadas. Os descendentes de Joseph Fortereal governavam com sabedoria, mas ao mesmo tempo com a força defendida pelos dogmas de seus ancestrais, o Clifismo. A paz obtida por Joseph e seus filhos, responsáveis por todo desenvolvimento da cidade, acabou se mostrando também a culpada por sua ruína. Os anos de prosperidade talvez tenham deixado os governantes clifistas displicentes, pois não foram capazes de perceber o que acontecia no vilarejo de Silleth. O vilarejo construído junto a estrada que levava ao interior do reino acabou se revelando um esconderijo de gorgronistas, que desde a fundação do reino se mantiveram ocultos em uma rede de túneis sob Silleth e sempre agitaram as tribos de criaturas semi-civilizadas da região contra seus colonizadores clifistas estabelecidos em Godnyr. Entretanto, quando esta ameaça foi notada já era tarde demais, pois já estavam tomando de assalto os muros de Godnyr.

Após abrirem túneis diretamente para as masmorras da fortaleza de Godnyr, os gorgronistas facilmente eliminaram a guarda real e Midgard Fortereal foi o rei clifista deposto, cujo corpo foi exposto pendurado da torre mais alta da fortaleza por semanas. Por quase dez anos o caos tomou conta de Godnyr, pois os gorgronistas não se importavam com o governo da cidade. Matavam, pilhavam e destruíam tudo o que lhes desse vontade. Todos os que tiveram a oportunidade para tal, abandonaram a cidade e foram se refugiar no interior, geralmente em direção a Esgares, Volkan ou Tinto. Inclusive as duas filhas e netos do rei Midgard fugiram da cidade quando perceberam que Godnyr estava condenada.

A princesa Sophia foi enviada aos cuidados dos elfos da noite da província de Lumnar, e seu neto Culgan cresceu aprendendo a sabedoria do povo élfico. Enquanto isso, a outra filha de Midgard, Julieth, foi levada para o extremo norte de Túrion onde criaria seu filho Samuel entre os Senhores dos Cavalos da província de Volkan. Após diversas tentativas frustradas de reconquistar Godnyr em batalha, Culgan levou sua obsessão ao extremo. Ele forjou um pacto com Orpheus, um poderoso bartalun negociador, patrono dos elfos de Lumnar, que prometia livrar Godnyr do domínio gorgronista, desde que Culgan se convertesse ao marilismo. Uma terrível praga, sem precedentes em todo reino assolou a cidade, levando a morte mais da metade de sua população. Se aproveitando da debilidade das tribos gorgronistas que se mantém em Godnyr, Culgan está preparando a investida final, tendo ao seu comando uma horda marilistas. Do pacto com o bartalun Orpheus, Culgan recebeu o suporte de dois poderosos denin, um responsável pelo comando militar do exército marilista, e o outro, a mente maligna por trás da maldição que vem assolando a capital do reino.
Alguns boatos dizem que no fundo Culgan se ressente pelo pacto com os marilistas, e em seu coração ainda queima a chama clifista, porém Culgan acredita precisar da força do Zhânrir Maligno para derrotar os rebeldes gorgronistas de uma vez por todas. Outro boato diz que o primo de Culgan, chamado Samuel Fortereal, está reunindo forças para livrar Culgan do controle marilista e poder restabelecer a ideologia de seus ancestrais, os colonizadores do reino, o Clifismo. Ele estaria contando com o poder e a influencia de lordes espalhados por todo reino que se recusam a ceder ao poder marilista, principalmente com a Lady Salazar, Senhora da Província de Volkan.

Características populacionais: Devido as origens de seus colonizadores, a população de Godnyr ainda é predominantemente humana, porém como quase qualquer cidade de grande porte é possível encontrar representantes da maioria das raças consideradas civilizadas. Com as guerras recentes e a temível praga que assolou a cidade, a população acabou reduzida significativamente. Desde o início do reinado do Rei Negro, poucos foram os refugiados que retornaram para a cidade, trazendo de volta suas famílias. A raça de maior representatividade em Godnyr depois da ascenção marilista é a élfica, pois estes foram os principais aliados do Rei Negro na batalha contra os gorgronistas e nem todos retornaram para sua terra natal na província de Lumnar.

Clima: O clima na cidade não destoa da maior parte do reino, sendo tropical chuvoso quente com verão bastante seco. Devido a sua localização as margens do Mar Estreito, a umidade do ar é relativamente alta durante o ano todo. Chuvas são comuns e costumam vir acompanhadas de raios e trovoadas de pouca intensidade.

Características Sócio-Econômicas: Como capital do reino, Godnyr acaba concentrando boa parte de tudo que é produzido na região sul do reino. A circulação de camponeses vindos das grandes fazendas da região é comum, assim como mercadores trazendo produtos tirados das minas de Esgares ou vindos de além da Floresta de Luviah através do Mar Estreito. Tudo que não é utilizado para suprir as necessidades da própria capital acaba escoando através do Cais do Porto, de onde barcos seguem constantemente para reinos além do Mar Estreito.

Características Políticas: Desde sua fundação pelos colonizadores clifistas, a Cidade de Godnyr foi a capital do Reino de Túrion. A dinastia Fortereal se estendeu por aproximadamente dois séculos desde o fatídico embate contra a dragoa Arla até a morte do Rei Negro Midgard nas mãos dos rebeldes gorgronistas que invadiram a cidade para vingar a morte da dragoa. Durante a ultima década, a capital de Túrion permaneceu nas mãos dos rebeldes gorgronistas, que rechaçaram todas as tentativas de reconquista de Godnyr até então.

Características Ideológicas: Desde a fundação da cidade, Godnyr seguia a tendência ideológica de seus colonizadores clifistas, governados pela dinastia Fortereal. Mas durante a ultima década de dominação gorgronista, houve perseguição e chacinas de todos os que não compartilhavam do mesmo alinhamento ideológico dos rebeldes, de forma que os poucos focos de seguidores de outras ideologias precisam se manter no submundo da cidade, atuando em segredo para que não sejam capturados e punidos pelos seguidores da falecida dragoa gorgronista.

_________________
Narrador
avatar
Nathan
Marilista
Marilista

Masculino Número de Mensagens : 4043
Localização : Palmeira - PR
Emprego/lazer : Militar
Nome do jogador : Raphael Figueiredo
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 07/11/2007

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
72/72  (72/72)
Pontos de Dens:
79/79  (79/79)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum