Trafeel[Flaulest]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trafeel[Flaulest]

Mensagem por Fallen em Qui Mar 17 2016, 21:17

Trafeel

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Amplitude Geografica

Com por volta de 3000 km² e com sua area cortada por dois rios:Igg e Trey. Trafeel possui grande parte de seu terreno, quase 80% dele composta por montes e montanhas. A ilha é praticamente infertil e de solo duro, poucas arvores nativas da olha conseguem sobreviver com pouca água. Estas tem sua estrutura adaptada para conservar água e se proteger de predadores(vegetação desértica). Ao redor dos rio Trey algumas poucas árvores conseguiram se maanter vivas e estas um pouco menos hostis e com frutos cheios de Água e uma carne nutritiva. Já todas as árvores e vegetação que haviam em torno do rio Ig morreram devido à poluição causada pelas casas de Mineiração. Ao sul da ilha pode ser encontrada uma pequena bahia onde se encontra a cidade de Traff e a Fortaleza do Baron Trafeel.



Clima: Desértico.



Características Populacionais: Trafeel é composta por todos os tipos raciais devido ao trabalho escravo que é empregado nela e a o recrutamento. A ilha tem população relativamente pequena (apenas 50 mil habitantes).

Estimativa:
60% humanos
20% anões
10% Metamorfos( Sua grande Maioria de Lakriarks e Felinx)
10% De outras raças (Muitos mestiços)


Características Sócio-Econômicas: Escravos e bucaneiros são grande maioria da população de Trafeel. Como responsável pelo abastecimento de pólvora e minérios do arquipélago a ilha possui grande quantidade de trabalhadores nas minas. Esses trabalhadores são divididos entre os escravos, que ocupam as áreas de mineração mais perigosas bem como os serviços e os trabalhadores voluntários, trabalhadores que se voluntariaram a trabalhar nas minas por dinheiro e acabaram por receber um treinamento nas casa de pólvora sobre a mineração por detonação. Já os Bucaneiros vivem em sua maioria na cidade em treinamento no forte Trafeel e parte no mar, executando trabalhos de escolta. 

História:  Trafeel fora uma das ilhas descartadas nas primeiras expedições pelo arquipélago de Flaulest. O terreno infertil e duro, e as grande cadeia de montanhas foram um grande desânimo para qualquer um que quisesse se estabelecer lá. A ilha ficou sem ser reclamada por quase duzentos anos até que um jovem Alukan pediu permissão para estuda-la. Ignus Trafeel, a primeira geração dos Trafeel em Flaulest utilizou o pouco dinheiro que tinha e contratou um grupo de vinte para investigar a ilha. Nela o mesmo encontrou depois de estudos comprovação de possivel riqueza mineral na ilha.  O grupo foi capaz de se enveredar por uma gruta que ele acreditava ter um veio de minério, porém houve um acidente que causou desmoronamento e grande parte do grupo morreu. Nesse acidente Ignus recebeu uma visita inesperada, em meio a escuridão o sobrevivente que estava com ele começou a ter ataques e seu corpo balançava de forma agressiva. Quando os ataques pararam apenas uma energia estranha pairava sobre o corpo do homem. Quando seus olhos abriram um vermelho ocupava todo o globo ocular e sua voz falava de forma grave e distorcida. Ali ele foi questionado de suas crenças e do que seria capaz de fazer para sair dali e adquirir a riqueza e o sucesso que queria. Ignus nunca fora um crente mas ali ele viu a influência de um poder maior, um poder que poderia salvar sua vida e melhora-la. A maioria do grupo estava morta e os outros estavam presos em uma camara adiante, nada nem ninguém viria salva-los. Ignus fez o acordo e em troca daquilo que o faria rico e ter sucesso ele sacrificou toda sua linhagem. Ignus ali em um surto de poder conseguiu combinar através de seu poder alukan os ingredientes da pólvora e detona-los com perfeição para resgatar os poucos sobreviventes e sair dali.

Ignus apresentou o barão as mostras comprovando os minérios existentes na ilha e pediu patrocionio para o inicio da exploração. Contente e adquirir auto-suficiencia de metais e um potencial militar o Arquiduque concedeu a Trafeel o titulo de Barão e os direitos e os meios para explorar a ilha. O recente Barão Trafeel porém teve o preço cobrado em pouco tempo depois. Ao se deitar com sua recente esposa o mesmo se sentiu possuido pela força com que fez o acordo. Sua mulher agora pariria um ser com influência da entidade que lhe salvara na mina.

A ilha teve um crescimento inicial lento, o terreno desafiador, a falta de trabalhadores e a tecnologia atrasada dificultavam todo processo de exploração, mas a cada ano os concursos do Arquiduque faziam mais e mais progresso gerando produtos que facilitaram o desenvolvimento da ilha como um todo.

Nos dias de hoje o neto de Ignus, Utorgado lidera a ilha. Seu pai sofrera a mesma possessão bartalúnica que ele e morrera dando lugar ao filho mas não sem antes contar toda a hitória dos seus antepassados. História a qual Utorgardo já tinha conhecimento. Desde novo ele possuía sonhos estranhos e reveladores, neles uma voz superior lhe comandava e guiava. Ele segue as ordens dessa voz reconhecida por ele como um Lorde Bartalun e cultua Marílis fervorosamente. Utogardo é apenas mais uma peça no joguete do Lorde Bartalun, mas é uma peça inteligente e capaz de alterar a configuração do arquipélago.


Lugares de Interesse

Forte Trafeel- Forte de treinamento militar e habitação da familia nobre Trafeel.
Casas de Pólvora- locais de estudo e desenvolvimento da pólvora, onde cientistas pagos por Trafeel melhoram e estudam os usos da mesma.
Porto de Traf- Porto que recebe todas as embarcações de guerra da Familia Trafeel, possui um comercio todo que gira em torno dele e de serviços para ele.
Buraco- Assim é chamado a grande casa de mineiração na base das montanhas, ela serve de central para todas as outras casas e é o encontro principal das ferrovias.


Figuras Importantes


Barão Utorgado  Trafeel “Lorde da Pólvora”
Idade: 38
Estado Civil: Casado
Parentes: Duas Filhas e um Filho
Ideologia: Marilista
Meio-Bartalun Dudenin: Alukan/Denakan


Spoiler:

1,70m de cabelos loiros e longos bem como a barba. Seus olhos são azuis de um claro estonteante e sua pele branca. Face afilada com ossos da maçã do rosto levemente destacados.

De péssimo temperamento e sempre sério, Barão Trafeel é uma das figuras aristocráticas mais tiranas da ilha. Ele abusa de seus status e debocha de qualquer outro barão que julgue inferior. Trafeel busca sempre as vitórias em todos os campeonatos  para extenuar seu status e por isso tem dificuldade em ser vitorioso, mas sempre ficando em segundo ou terceiro lugar. Seus bailes também tem a fama dos mais extravagantes. A renda da família Trafeel vem das minas de sua ilha, ricas em salitre, ferro e carvão e dos serviços de escolta de sua marinha. Devido aos grandes recursos minerais, sua armada é a equipada com mais canhões e por isso é geralmente contratada para escolta de cargas muito preciosas. Trafeel também possui uma renda oculta. Ele opera guildas de agiotagem no sul da ilha. As guildas porém ficam em cargo de seu filho mais velho. Trafeel aos poucos monta um estoque e tenta manter o máximo de dívidas possível de piratas e capitães. Para um espião experiente suas ações são perigosas e suspeitas, pois ele se encaminha para a formação de um pequeno exército bem armado.  Suas vitórias pavimentam seus objetivos para com Marilis, sua divindade guia, e ele acredita que com seus estudos de alquimia, sua fé e sagacidade logo serão recompensadas com poder.




Baronesa Iltis  Trafeel 
Idade: 36
Estado Civil: Casada
Parentes: Duas Filhas e um Filho
Ideologia: Marilista
Humana Seikan

Spoiler:

1,67m de cabelos negrosm longos e LISOS. Seus olhos são negros e sua pele branca empalidecida. Face afilada e fina e pele bem cuidada. Tem um porte magro de seios pequenos e compostura fisica.


A Baronesa é mais uma parceira de nos negocios da família Trafeel. Responsável por manter o status da familia e a troca de influências em Zenith a Baronesa é figura frequente em festas e na maioria das negociações que não exigem a presença de seu marido. Ela geralmente lida com o arquiduque devido a sua habilidade denin que é capaz de resistir aos poderes de Devon, mantendo segura grande parte das informações que levariam sua família a morte. Seu marido nunca lida com arquiduque sem sua presença com medo de ter seus segredos completamente revelados. Ela se tornou uma fiel organizadora de eventos e intrigas dentro da corte e utiliza seus dons para captar informações e espalhar confusões. Ambiciosa e devota Iltis vê no marido e sua ligação com Marílis o futuro do arquipélago e sucesso reconhecimento divino de sua família. Ela ensinou e lida com as filhas em Zenith e raramente visita Trafeel. Porém sua visita é sempre vista com medo pelos serviçais pois seus padrões inalcançáveis rendem castigos exagerados aos escravos.



Ignus Trafeel II
Idade: 18
Estado Civil: Solteiro
Parentes: Pais
Ideologia: Marilista
Meio Bartalun 

Dudenin  Grakan Seikan
Spoiler:

1,70m de cabelos negros a altura dos ombros. Seus olhos são verdes acastanhados e sua pele branc. Face afilada e longa. Possui um nariz longo. Tem um porte magro mas levemente trabalhado
.


Primogênito de Utogardo e continuação da linhagem bartalúnica da familia, Ignus foi criado sob a doutrina religiosa marilista e ensinado a venerar o sacrifício de sua familia e a benção de seu sangue. Ignus também é capaz de ouvir as vozes do Lorde Bartalun, por muitas vezes executando ordem em paralelo com seu pai criando uma parte do plano que e desconhecida ele. Ignus é principalmente responsável pela Guilda de extorsão e Agiotagem de seu pai. Ele comanda "O Coletor" das sombras, apenas vistoriando mas nunca se envolvendo pessoalmente. Ignus tem uma personalidade terrível, ele é vingativo, orgulhoso e prepotente. Sua presunção o torna pomposo e sua ignorância e discriminação um dos piores nobres da capital. Ele rejeita a pobreza e as pessoas que vivem nela. Comerciantes, mesmo que ricos são apenas serviçais a sua vontade e essa atitude já conquistara inimigos em Zenith. Ele tem um ódio especial pelos outros filhos de barão Egon Ornesse e Louis Stoics. Egon por sempre que possível ridiculariza-lo com seus conhecimentos tirando vantagem da sua avançada educação. Já com Louis sua briga é mais intrinseca. O ódio das famílias alimenta a chama de intolerância dentro de si contra o elfo.

_________________
Narrador E-book
avatar
Fallen
Rimertista
Rimertista

Masculino Número de Mensagens : 1118
Localização : Rio/Hellzende
Emprego/lazer : Estudante
Nome do jogador : Ranier
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 18/11/2007

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
69/69  (69/69)
Pontos de Dens:
63/63  (63/63)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum