Ladar [Flaulest]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ladar [Flaulest]

Mensagem por Fallen em Dom Mar 20 2016, 23:16

Ladar



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Amplitude Geográfica: Possuindo 12000km² A ilha de Ladar tem a topografia plana  em grande parte da ilha com apenas alguns morros. Toda sua extensão é coberta por uma floresta densa . Embaixo de suas copas correm rios e já foram localizados alguns lagos e pântanos. Apenas ao norte existe uma cordilheira de montanhas chamada "Garra da Fera". Um local de dificil acesso que é classificado como extremamente perigoso pelas criaturas que lá habitam. Nos mapas mais rudes de Ladar é possível identificar três grandes rios 4 grandes rios. Elter o maior que onde rio Liv é seu primeiro braço e desagua a oeste da ilha. Dervin o rio que abastece a cidade e um dos braços de Elter e Lowe o ultimo braço de Elter. Ladar também possui um grande lago em seu centro, chamado de Espelho D'agua. Ladar é pouco explorada e sua geografia, mapeação e distancias é dificultosa tornando a ilha um dos lugaras mais selvagens já vistos .


Clima: 


Clima Tropical Equatorial: Grande quantidade de chuvas e temperatura média superior a 18°c o ano todo.
Clima Tropical de Altitude: Algumas ilhas possuem regiões montanhosas que contribuem para um clima mais frio que no resto dos arquipélagos.


Características Populacionais: Ladar não passa de uma pequena fortaleza no tamanho de um vilarejo de 10 mil habitantes. Em uma ilha imensa uma quantidade tão pequena de pessoas mal é capaz de desbravar parte da ilha. Porém a maior parte desses habitantes é de guerreiros e mercenários com habilidades acima do padrão comum. O resto da população é constituída de famílias daqueles mercenários que ali vivem e prestadores de serviço que garantem a sobrevivência do forte. A ilha possui uma diversidade racial grande e ninguém é visto como estrangeiro ou diferente.
 A presença ali é oscilante mas há registros de Humanos, metamorfos em geral, anões, elfos, hibridos na ilha. Rumores de uma tribo oculta de gigantes em algum local da remoto da ilha.

Características Socio-econômicas: Ladar vive da caça e atividade mercenária. Para a regularização, controle e segurança do local, o Barão Von Tralor criou um sistema para treinamento, preparação e delegação dos contratos e missões chamada “guilda da caça”, que é dividida em castas, cada uma com suas capacidades avaliadas pelo Barão e o Contramestre. Quanto maior sua classificação na guilda maior o pagamento base que poderá ser exigido por seus serviços. Galgar na hierarquia depende tão somente da habilidade pessoal de cada integrante e o histórico de sucessos dos mesmos em expedições além da muralha. Os mercenários podem aceitar missões que sejam além de sua casta caso sejam abordados pessoalmente pelo contratante, porém tem que notificar o Contramestre. Poucos mercenários aceitam missões para as quais não estão preparados, tendendo a manter-se no que eles têm experiência e certeza. Apenas os novatos não levam a sério as regras da ilha e eles logo pagam com a vida por sua arrogância. Cada mercenário pode reconhecer a força de outro através de seus colares adornados com garras animais. Falsificações são inúteis, pois no salão da guilda é presente na parede a classificação de cada um. Os colares são vestidos com orgulho e tratados como símbolos da força de cada um. Em, alguns casos uns mercenários são conhecidos por desafiar outros para o duelo para aumentar seu status na guilda. As castas são dividas entre 1-15 garras.



História: Edwin conquistara Ladar após se provar em combate para o Arquiduque. Após combates incessantes para expulsar as bestas locais Edwin conseguiu junto de seus companheiros a fazer uma pequena fortaleza que foi se expandindo até formar o Forte onde hoje se encontra o único ponto seguro de Ladar. Sob o controle do Barão Von Tralor, a ilha de Ladar é a maior do arquipélago de Flaulest e é considerada um dos locais mais perigosos de estar. A ilha possui flora e fauna ativas e perigosas e é considerado um local de caça para aventureiros e nobres com desejos quase suicidas. A ilha possui apenas uma construção efetiva, Uliourk, um grande forte cercado por uma muralha ao oeste da ilha, onde ele recebe os suicidas que tentam a sorte lhe pagando um bom preço por isso. Por mais estranho que pareça, mesmo com pouca guarda a ilha quase não é aportada fora do porto protegido. O risco de emboscada das criaturas e a caça ilegal provaram não compensar os poucos que tentaram burlar a tarifa de caça. Um dos motivos é a garantia de segurança caso retornem em perigo ou perseguidos até 500m da muralha, bem como mapas com preços alternados de acordo com os detalhes que os desbravadores desejam. O Barão também possui grupos de guias e guerreiros que podem ser contratados e que possuem experiência geográfica. Claro que tudo isso custa uma quantia considerável em ouro. Porém, em determinados casos, alguns nobres se arriscam devido à aposta alta da recompensa da caça. Criaturas místicas e selvagens que ali habitam possuem partes que são muito valiosas e rendem bastante dinheiro.

Muitos nobres debatem pelas costas a estupidez do Barão de permitir esse tipo de atividade em vez de monopolizar os bens gerados pela caça. Porém, as mentes ignorantes nunca estiveram na floresta da ilha de Ladar frente a frente com as bestas. Todos os nobres que se arriscaram nunca mais criticaram o Barão e hoje o consideram um dos maiores gênios do arquipélago, pois o mesmo consegue lucro exorbitante tarifando a caça, cedendo funcionários sob-contrato e retirando uma parte do produto adquirido na caçada. O barão gasta apenas para treinar e manter as tropas seguras no local, enquanto aqueles que ali pretendem caçar fazem todo o trabalho.


Lugares de Interesse:

Uliourk "O forte"- Uliourk é um conjunto de várias muralhas subsequentes que foram construídas a medida que o forte foi se expandindo para adequar aqueles que chegavam. A cada circulo se instalaram mais casas e mais pessoas. No circulo primário é possível se encontrar o porto e a Guilda da Caça e algumas construções como depósitos, ferreiros  estalagem e Mansão de Von Tralor.


Guilda da Caça - No circulo primário de Uliourk, a guilda da caça é o local onde todo aventureiro que deseja fazer parte da caça mercenária deve se registrar. O custo de Registro e relativamente baixo, porém o aplicante tem que ser capaz de desafiar e vencer o duelo contra um membro 1 Garra ou ter uma indicação de um treinador local. 


Mansão Von Trallor - Chamada de Mansão por ser a maior casa do local, a mansão é um pouco maior que a estalagem principal do primeiro círculo. Ela foi apelidada assim pelo próprio Edwin em piada a seu status de Barão em relação ao Forte. Na mansão vivem apenas o Barão o Contramestre e os servos. O local frequentemente tem confraternização dos membros que detem um grande número de garras. 


Figuras Importantes:


Barão Edwin Von Tralor
Idade: 38

Estado   Civil: Casado  
Parentes: Duas Filhas
Ideologia: Clifista  
Dudenin: Grakan/ Seitokan
Majurk
Spoiler:

1,76m, cabelos longos ondulados e castanhos claros, barba da mesma cor levemente longa. Olhos amarelo-esverdeados. Porte médio e definido. Rosto levemente arredondado com maxilar quadrado.

Edwin é um bastardo que conseguiu uma grande soma de dinheiro para sumir de sua região. Enquanto bebia em um porto ouviu a discussão entre dois homens em um bar de um porto e interveio para mediar à situação. Com uma competição amigável que terminou empatada ele conseguiu apaziguar os ânimos de ambos e lhes ofereceu bebidas para comemorarem o resultado. Ambos sem ação com o jeito amigável e honesto, aceitaram e deixaram a confusão de lado e se puseram a beber. Foi assim que Edwin conheceu Luc Xie e Nevan Toillard. Todos eram novos  e cheios de energia, bastante combatentes e começaram a realizar alguns serviços mercenários juntos. Mesmo sem precisar do dinheiro, Edwin os acompanhou, pois via nos combates uma forma excitante de vida e, junto de seus companheiros, a tríade era imbatível.
Passados dois anos, começaram a ficar entediados com as missões e criaturas, que não eram mais desafios para o grupo até que ouviram os boatos do Arquipélago de Flaulest e a intocada ilha de Ladar. Edwin chegou excitado ao bar e fez a proposta para os dois, que logo negaram. Apesar de serem ótimos guerreiros, irem apenas os três para uma empreitada dessas seria loucura e nem seria permitido pelo próprio arquiduque. Edwin então revelou sua fortuna oculta e propôs contratar guerreiros mercenários, e assim receberem um incentivo do arquiduque para dar utilidade para aquela terra. Vendo um desafio quase impossível mas inegavelmente tentador, os outros dois aceitaram a proposta e foram juntos de Edwin a Porto Real. Edwin então participou de uma competição de combate e, ao sair vitorioso com facilidade, pediu para o arquiduque como recompensa o direito de tentar colonizar Ladar. Em meio a risadas histéricas dos nobres, o arquiduque permaneceu sério e compenetrado. Ele parecia estar perdido nos olhos de Edwin. A risada então morreu e logo um silêncio tomou conta do local, até que o arquiduque assentiu e permitiu a empreitada. Edwin contratou e treinou um grupo de mercenários junto a Luc e Nevan. Eles também conseguiram um capitão que estivesse disposto a ancorar em Ladar por um alto custo. Em regateio, conseguiram almas desesperadas que estivessem dispostas a correr mais um risco em um rolar de dados.
A investida foi um sucesso e logo Edwin conseguiu com esforço e auxílio de seus companheiros criar seu entreposto em Ladar, garantindo-lhe o titulo de Barão. Ele uniu sua ambição e sede por combates, o que aumentou sua fortuna e sucesso, tornando Ladar uma famosa ilha de caça.



Nevan Toillard “Contramestre”
Idade: 36

Estado Civil: Solteiro
Parentes: Nenhum
Ideologia: Clifista  
Canark Dudenin: Grakan/Natrakan
Spoiler:

Canark de Cabelos negros, olhos amarelados, pele branca, aproximadamente 1,90m e porte mediano, com músculos bem definidos. Seu rosto é fino e longo e possui um nariz compatível com o mesmo, com um bigode fino abaixo.
Salvo pela família Von Tralor de um navio pirata de escravos quando era novo, Nevan logo se sentiu grato e encontrou na amizade de Edwin consolo para a morte de sua família. Edwin, Nevan  e Luc Xie foram os responsáveis pela construção do Forte Uliourk. Os três foram capazes de treinar e capacitar um grupo forte o suficiente para defender a muralha enquanto era construída. Nevan possui cicatrizes dessa época, inclusive uma que corta o rosto na diagonal partindo do canto superior direito da testa, cortando nariz e maçã esquerda do rosto, a qual ganhou protegendo Edwin no combate contra a Besta Rubra. Apesar da antipatia por Luc (alguns dizem que era rixa racial comum), os três juntos eram considerados a maior força de combate já vista, defendendo muitas vezes o grupo das feras mais perigosas que ousaram atacar o acampamento. Eles foram unidos pelo dinheiro e, com o sucesso, Luc se juntou ao arquiduque, porém Nevan fora sempre fiel à família Von Tralor, ganhando respeito como contramestre, cuidando e administrando o local durante a ausência do Barão. À medida que as ambições do barão foram mudando, as de Nevan acompanharam, ganhando uma nova perspectiva da vida do plano e de suas próprias crenças.



Uru Obalon “O Porteiro”
Idade: 18

Estado Civil: Solteiro
Parentes:  Nenhum
Ideologia: Clifista  
Gigante Grakan
Spoiler:

Gigante de Cabelos Castanhos, barbas da mesma cor, olhos castanho-avermelhados, pele bronzeada, aproximadamente 3,10m e porte robusto com músculos bem exaltados. Possui varias cicatrizes pelo corpo. Seu rosto é quase quadrado. Tem o topo da cabeça levemente achatado e nariz largo.
Uru é um dos moradores de Ladar. Foi encontrado por trio guerreiro em uma de suas expedições avançadas quando ele tinha três anos. Sua família havia sido atacada e morta pela Besta Rubra (um grande felino de três pares de patas e pelagem rubra, densa e quase metálica). Os sons do combate chamaram a atenção dos três que, ao chegar no local, presenciaram a morte da mãe de Uru. O movimento do trio, porém, não foi despercebido pela besta, que mudou sua atenção do gigante para eles. O combate foi ferrenho e Edwin e Nevan ficaram muito machucados, mas pela sorte do grupo eles tinham experiência em combate contra felinos graças a Luc Xie, e com isso a criatura foi abatida.
Ao ver que a besta deixara de matar o filhote de gigante, eles viram no garoto uma oportunidade de treinar um guerreiro de força desigual. Uru então recebeu instrução dos três em combate e estratégia, e hoje ocupa um dos locais mais perigosos e importantes da ilha; a guarda do Portão. Vestido com o pelo da besta que matou seus pais e com uma lança descomunal, Uru garante a segurança daqueles que utilizam o portão como rota de fuga, bem como afasta possíveis ataques à muralha da fortaleza.
Por ter criado uma relação melhor com o Contramestre, Uru adquiriu seu senso de humor e fidelidade. Ele ainda exaltava o narcisismo de sua raça, muitas vezes combatendo as bestas e repelindo ataques sozinho. Porém aquela era sua casa e sua família agora, e ele os protegia com afinco.

_________________
Narrador E-book
avatar
Fallen
Rimertista
Rimertista

Masculino Número de Mensagens : 1127
Localização : Rio/Hellzende
Emprego/lazer : Estudante
Nome do jogador : Ranier
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 18/11/2007

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
69/69  (69/69)
Pontos de Dens:
63/63  (63/63)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum