Perfil - Havock

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Perfil - Havock

Mensagem por Havock em Sab 29 Abr 2017 - 19:17

Nome do Personagem: Havock

Raça: Anão

Ideologia: Gorgronista

Den Primário: Elorkan

Den Secundário: Markan

Enredo:

O MESTRE DAS ROCHAS

Nascido nas profundezas do refúgio gorgronista escavado no subterrâneo do vilarejo de Silleth, desde muito jovem o anão chamado Havock demonstrou aptidões na arte de manipulação da energia kalaidrina existente na própria terra, na forma do den Elorkan. Ao descobrir esta habilidade nata, o clã dos anões manteve isto em segredo para preservar a vida do jovem denin, que com certeza seria explorado por Markus, o líder da ideologia gorgronista. Os humanos gorgronistas se consideram os herdeiros da linhagem da dragoa conhecida como Arla, fundadora da ideologia no território de Túrion, e portanto tratavam os anões como inferiores, desprezando-os e delegando a eles os trabalhos forçados nas escavações dos túneis e abrigos subterrâneos que serviam de moradia para os últimos sobreviventes da ideologia, que quase desapareceu após a colonização do reino e a queda da dragoa. Assim em segredo, Havock foi treinado pelos demais membros de sua raça, vindo a demonstrar também a capacidade de manipulação de energia metonyana e do den Markan.

Com o passar dos anos, Havock foi aperfeiçoando suas técnicas, que eram utilizadas para tornar a dura vida dos anões menos sofrida nas escavações do refúgio gorgronista que precisava ser constantemente expandido à medida que crescia a população tanto de humanos quanto de anões. Alguns humanos recebiam como forma de punição a tarefa de trabalhar por algum tempo, às vezes por anos, nas escavações ao lado do clã dos anões, e foi assim que Havock conheceu o humano conhecido como Heltor, que havia desafiado Markus pela liderança da ideologia gorgronista e havia sido derrotado em combate. Tendo sua vida poupada por ser também um denin e servir aos interesses futuros na guerra ideológica, Heltor foi entregue aos anões à beira da morte, com o corpo e mente despedaçados pela derrota, e este somente sobreviveu pelos cuidados recebidos pelo povo anão. Capaz de manipular também a energia metonyana, e dotado de força e preparo físico acima da média, Heltor logo se destacou nos trabalhos nas escavações, e um vínculo forte de amizade surgiu entre ele e Havock.

O DESPERTAR GORGRONISTA

Enquanto trabalhava nas escavações, o humano Heltor sempre articulou planos grandiosos junto a Havock, considerando o potencial do elorkan grande demais para ser desperdiçado no trabalho diário do clã dos anões. Ao mesmo tempo, o descontentamento de Heltor crescia ano após ano enquanto as estratégias utilizadas por Markus se mostravam pouco eficientes para reconquistar o prestígio e o domínio gorgronista no território de Túrion. Após anos de trabalho e amizade, os dois denins chegam a conclusão que nunca houve melhor período na história do reino para pôr em prática a vingança gorgronista contra a ideologia clifista dos colonizadores do reino. Para isto, Heltor precisaria desafiar novamente Markus pela liderança gorgronista, desta vez contando com o apoio de todo o clã dos anões. Muito mais poderoso que outrora, Heltor consegue vencer e matar Markus e assim que assumiu a liderança da ideologia, Heltor designou seu grande amigo Havock para auxiliar no treinamento dos anões e humanos gorgronistas para transformá-los em soldados, e não em trabalhadores das cavernas. Anos se passaram até que o pequeno grupo de sobreviventes se transformasse num verdadeiro exército, e este foi o momento onde os gorgronistas decidem por em prática seus planos de vingança que há tantos anos haviam sido discutidos e lapidados.

Enquanto Heltor lideraria o exército gorgronista para um ataque aos portões de Godnyr, o elorkan Havock comandaria um grupo de invasão que atacaria a capital clifista pelo local onde os gorgronistas tinham mais familiaridade e vantagem, o subterrâneo. Acessando a capital através das masmorras do palácio de Godnyr, o anão Havock e seu grupo pegaram toda a guarda real desprevenida, pois estes estavam muito seguros da vitória sobre a pequena força gorgronista diante de seus portões. Após derrotar rapidamente a guarda do Rei Midgard, Havock e seu grupo encurralou o líder clifista no salão do trono, onde este foi capturado, escalpelado e morto. Não demorou para que o espírito quebrado dos clifistas fosse facilmente estilhaçado pelas forças gorgronistas, extremamente bem treinadas e já infiltradas na cidade. Havock foi o responsável por abrir os portões da cidade ao fim da batalha para que o líder Heltor e o restante de seu exército tomasse de uma vez por todas a cidade, decretando o fim da Dinastia Alberich e do domínio da ideologia Clifista no território de Túrion. Midgard, que ficou conhecido como Rei Negro por ser o responsável pelo fim dos séculos da dinastia clifista, teve seu cadáver enegrecido exposto pendurado através de uma das janelas da torre do palácio de Godnyr por semanas.

O CAÇADOR DE PRÍNCIPES

Durante os dez anos de domínio gorgronista sobre a capital Godnyr, Havock foi o principal responsável por consolidar o poder de sua ideologia. Literalmente com punhos de pedra, o anão auxiliou Heltor no recrutamento e treinamento de novos soldados, comandou a perseguição e expurgo dos que tentaram se manter fiéis ao clifismo no interior da cidade e, principalmente, liderou inúmeros grupos de busca para caçar os dois príncipes clifistas que sobreviveram à rebelião que levou ao fim do Rei Negro. Os netos de Midgard foram salvos por uma poderosa elfa denin durante a invasão gorgronista e enviados para locais distantes e inacessíveis aos rebeldes. A melhor oportunidade de eliminar um dos netos do Rei Negro aconteceu num vale profundo nos limites da província de Volkan, numa região onde as tribos clifistas das estepes arenosas têm o hábito de frequentar em busca de suprimentos de água. O líder gorgronista alegou ter sonhado com uma tribo chefiada por ninguém menos que o regente volkani e guardião do príncipe Joseph Alberich, e este sonho se mostrou de fato uma visão profética, pois ao preparar uma emboscada naquela região, Havock realmente encontrou a tribo Gunthor, que foi atacada por um grupo composto pelos melhores guerreiros gorgronistas.

Dando início à batalha, o anão elorkan promoveu um forte deslizamento de terra e pedras sobre o vale, atingindo em cheio a tribo volkani e dividindo-os em dois grupos isolados e matando muitos volkani soterrados. O grupo onde estava o príncipe clifista foi então atacado pessoalmente por Havock e seus soldados, o que causou a morte do regente volkani e quase culminou com o assassinato de Joseph Alberich. Quando o denin elorkan estava prestes a eliminar o príncipe, este despertou seu poder Tenkan, teleportando-se para um local distante e seguro. Este evento desencadeou uma série de acontecimentos através das estepes arenosas, pois a nova regente volkani convocou todas as tribos nômades para formar um exército como nunca visto antes na história de Túrion. Liderados por Anita Salazar, a grande horda clifista pela primeira vez marcharia para além dos limites de sua província, em busca de guerra contra os gorgronistas que já haviam passado tempo demais ocupando a capital do reino e agora estavam cada vez mais abusados, atacando os volkani em seu próprio território. Agora, ao invés de perseguir os rastros dos príncipes clifistas, Havock apenas precisaria esperar que estes viessem ao seu encontro em Godnyr, onde o destino de Túrion seria mais uma vez decidido.


Descrição Física:
 Um anão de 1,05 de altura, de corpo atarracado e extremamente musculoso, com cabelos castanho claro oleados e espetados para cima. Usa uma barba volumosa dividida em tranças que chegam até a altura do peito e possui olhos perspicazes em tom claro. Na maior parte do tempo mantém o tronco largo descoberto, exibindo o corpo forte e repleto de pinturas tribais nas costas, ombros, peito e lateral da cabeça onde os cabelos são raspados. Usa botas de couro pesadas, um cinturão de couro reforçado e braceletes também de couro que protegem todo seu antebraço. Costuma carregar um machado de batalha bem ornamentado forjado pelos anões gorgronistas.

Perícias:
Intimidação, Ofícios (Ferreiro) e Atletismo. 

Itens:
- Machado de Batalha: Uma arma forjada pelos ferreiros anões gorgronistas em seu refúgio sob o vilarejo de Silleth. Extremamente resistente e repleto de runas no idioma anão.

-
Cinturão da Montanha: Um largo cinturão metálico produzido pelo clã dos anões e imbuído de energia metonyana. Este artefato é capaz de aumentar significativamente a força física de denins capazes de manipular metonyan.

-

Técnicas Elorkan:
- Tremores: Canalizando sua energia kalaidrina em superfícies rochosas, Havock é capaz de causar fortes tremores que servem para desequilibrar seus inimigos, ou até mesmo demolir construções vulneráveis.

- Empalamento: Ao desferir um forte golpe no chão, o elorkan é capaz de transmitir energia kalaidrina suficiente para que uma coluna de terra seja erguida alguns metros à sua frente, perfurando ou arremessando seus inimigos.

- Mãos das Profundezas: Ao manipular o kalaidrin existente no chão, o denin faz com que uma mão rochosa saia do chão aprisionando e esmagando seu alvo.

- Golens do Barro: Através do kalaidrin, Havock consegue moldar pequenas criaturas rochosas e manipular as mesmas para combater ou distrair seus inimigos.

Técnicas Markan: 
- Manopla de Pedra: Ao tocar em superfícies rochosas, ou até mesmo no chão, Havock consegue moldar a terra em uma espécie de manopla rochosa que envolve seu punho, aumentando seu dano em combate físico desarmado.

- Corpo Rochoso: Se utilizando da manipulação de energia Metonyana, o anão é capaz de criar uma espécie de armadura de terra que cobre seu corpo reduzindo os danos causados por golpes físicos.
avatar
Havock
Gorgronista
Gorgronista

Masculino Número de Mensagens : 4
Nome do jogador : Bruno Pereira de Oliveira
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 29/04/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum