Cronologia & Glossário - As Crônicas de Aliank

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cronologia & Glossário - As Crônicas de Aliank

Mensagem por A Lenda de Materyalis em Qui Ago 31 2017, 19:35

Glossário (tradução livre à Língua Comum de Hedoron):


A.D.: Sigla para "Antes da Divisão". Referência teryonista ao período anterior a divisão de Materyalis.

Adrago: Palavra do citarín. Significa "clausura".

Ael: Sufixo do artanês empregado em nomes de artanins guardiões ou sacerdotais.

Al: Sufixo do elminês, usado como referência a uma terra; povoado.

Ak: Sufixo do elminês, usado como referência a algo de grande poder; poderoso.

Aiarar: Palavra do elmïnês. Significa "antigo".

Aiun: Palavra do venirelês. Significa "ideologia".

Alian: Palavra do elmïnês. Significa "aliança". Acompanhada do "K", "aliança poderosa".

Aliank: Reino do sul formado pela Alianitril (Tríplice Aliança), após a queda de Garlak.

Ara: Palavra do elmïnês. Significa "lava".

Artanês: Língua dos artanins. Atribuição / característica conferida àquele povo.

Artanin: Raça espiritual. Segundo a lenda venirel, os primeiros seres racionais criados por Materyalis.  

Azex: Palavra do hedorin comum. Roupa de palha, usada por diversas tribos, geralmente curta.


Azkan: Palavra do hedorin comum. Significa "audaz", "valente". 

Beron: Palavra do elmïnês. Significa "agraciado". Acompanhado do "G", "maior agraciado".

Berong: Elfo descendente dos elmïns, filho de Belorien e Bertrong. / Rei de Aliank.

Bruce: Palavra do hedorin comum. Significa "impulso". 

Chenkrip: Palavra do citarín. Significa "estagnado".

Cítaros: Primeira raça humana dominante no extremo sul de Hedoron na Primeira Era. Parte da população migrou para o continente Sullis, levantando, junto aos elmïns, o reino de Sym'drakso. Conhecidos como "ventos alvos", devido aos cabelos e olhos com íris brancas.

Citarín: Vocábulo aliankino para referir-se à língua dos "cítaros".

D.D.: Sigla para "Depois da Divisão", referência teryonista ao marco da divisão de Materyalis e ascensão de Materyon.

Drakso: Palavra do elmïnês. Significa "dragão".

Darken: Palavra do citarín. Significa "personificação".

El: Sufixo do artanês empregado em nomes de artanins guerreiros.

Elmïn: Primeira raça élfica originada no continente Sullis desde o Somo-Aiarar (Mundo Antigo). Conhecidos como "os intelectuais".

Etre: Palavra do venirelês. Significa "luz".

Etrenon: Segundo a lenda venirel, mundo espiritual antigo habitado por Materyalis, hoje regido por Materyon.

Gall: Palavra do sullis-lakriakês. Verbo "nascer". 

Garl: Palavra do elmïnês. Significa "fogo". Acompanhada de "ak", "fogo poderoso".

Garlak: Nome dado pelos elmïns ao dragão de Majara, derrotado por Berong.

Hedo: Palavra do venirelês. Significa "primeiro".

Hedoron: Segundo a lenda venirel, o primeiro plano carnal erguido por Materyalis. Nome conhecido por diversas raças para definir o mundo.

Itril: Palavra do elmïnês. Significa "Três" e, por extensão, suas variantes.

Ja: Caracteres usados pelos venirels como sufixo para demarcar regiões castigadas por grandes conflitos em oposição às ideias do Império Élfico. O "J" vem da palavra "Jing" , e o "A" de "Aiun".

Jing: Palavra do venirelês. Significa "guerra".

Khody: Palavra do citarín. Significa "descanso".

Kop: Palavra do sullis-lakriakês. Pronome de tratamento prefixado ao nome do líder de um povo lakriak.

Kro: Palavra do citarín. Significa "corte". Acompanhada de "S", "retalhador".

Li: Palavra do elmïnês. Significa "luz".

Lyazem: Palavra do citarín. Significa "terras".

Maj: Palavra do elmïnês. Significa "grande", "enorme".

Majara: Lakriak fêmea, tida por Garlak como "filha".

Mater: Palavra do artanês. Significa "matéria".

Materyalis: Segundo a lenda venirel, a primeira criatura viva do universo ainda disforme. Divindade antiga que se angustiara com a imperfeição de suas obras conscientes, dividindo-se em duas entidades antagônicas. Figura central da lenda venirel que originou a materja.

Materyon: Segundo a lenda venirel, deus que herdara integralmente as virtudes de Materyalis. / Figura divina central do teryonismo.

Materja: Palavra do artanês. Ganhou dos venirels o sufixo "JA" para simbolizar uma guerra ideológica de grandes proporções no mundo. Termo famigerado para denominar a guerra ideológica em Hedoron.

Nathan: Palavra do artanês. Significa "ceifador".

Nementrid: Palavra da língua universal das dríades. Significa "corpo". Trata-se duma referência a natureza, o corpo da deusa Nara-Lan. Forma como os namuzistas se referem a Hedoron. 

Nesoma: Palavra do élfico elmïn. Significa "vento".

Niho: Palavra do artanês. Usada como rito de consagração e confirmação de algum desejo, segundo o teryonismo, que conecta a mensagem de um indivíduo ao deus Materyon. 

Non: Palavra do venirelês. Usada com sufixo em vocábulos para definir o mundo espiritual.

Nyvech: Palavra do citarín. Significa "eterno", "infinito".

Rin: Palavra do sullis-lakriakês. Significa "selvagem". 

Ron: Palavra do venirelês. Usada com sufixo em vocábulos para definir o mundo carnal.

Sarla: Palavra do citarín. Significa "austero", "implacável".

Singlond: Palavra do élfico elmïn. Significa "obsessor".

Somo: Palavra do élfico elmïn. Significa "mundo".

Sullis: Palavra do élfico elmïn. Significa "austral".

Sym: Palavra do élfico elmïn. Significa "fiel", "leal".

Sym'drakso: Reino marilista constituído no passado pelos elmïns e cítaros. Foi destruído por Garlak na Segunda Era. Suas ruínas foram reerguidas pela Nova Aliança, levantando a Cidade de Aliank.

Teryon: Palavra artanês. Significa "benevolência".

Teryonismo: Ideologia baseada nos pretensos preceitos de Materyon, passados dos artanins para os elfos, e dos elfos para o mundo. / Religiosidade, crença no deus benévolo.

Trasco: Arquipélago formado por quatro ilhas no Oriente Médio de Hedoron, colonizado por Aliank há cerca de sessenta anos. Foi considerado um dos territórios mais desafiadores para a conquista, devido aos ataques suicidas feitos pelos nativos durante a tomada do local.

Úmon: Palavra do élfico elmïn. Significa "proscrito", "exilado".

Ux: Sufixo do sullis-lakriakês, usado em verbos para conjugá-lo no particípio. 

Venir: Palavra do artanês. Significa "a estrela mais brilhante". / Segundo a lenda venirel, o nome do astro que rege o Etrenon.

Venirel: Primeira linhagem dos elfos terrestres de Hedoron. Através deles, propagou-se a lenda de Materyalis aos povos de Hedoron, através do Império Venirel, vulgarmente conhecido como Império Élfico.

Venirelês: Língua do povo venirel. Atribuição / característica conferida àquele povo.

Vios: Palavra do elmïnês. Significa "folha".

Yalis: Palavra do artanês. Significa "divindade maior".

Yid: Palavra do sullis-lakriakês. Significa "fogo". 

Ym: Palavra do citarín. Signifca "mente". Acompanhada de "s" (yms), "mentalista".

Yn: Palavra do citarín. Significa "guerra". Acompanhada de "s" (yns), "guerreiro".

_________________
Autor
avatar
A Lenda de Materyalis
Admin

Masculino Número de Mensagens : 8417
Localização : Rio de Janeiro
Emprego/lazer : Web Designer
Nome do jogador : Saymon César
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 13/09/2007

Ficha do Personagem
Nível: 1
Pontos de Vida:
0/0  (0/0)
Pontos de Dens:
0/0  (0/0)

http://www.materyalis.mo-rpg.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum